0 Item
(41) 3023-0800

Este vídeo descreve brevemente como obter a reconstrução da papila periodontal entre dentes (RT2).

Técnicas cirúrgicas de reconstrução da papila

Primeiramente, as técnicas cirúrgicas de reconstrução da papila interdental podem ser consideradas como cirurgias plásticas periodontais. Portanto, procuram modificar ou corrigir deformidades de desenvolvimento ou traumáticas da  gengiva ou mucosa alveolar. Entretanto, continua sendo grande desafio da Periodontia. Pois, a indicação de uma técnica que seja bastante efetiva e a previsibilidade de sucesso na correção do defeito a curto ou  longo prazo não estão devidamente comprovadas. Assim, mesmo após a realização da cirurgia, alguns autores recomendam outros procedimentos como a gengivoplastia, para criar a aparência mais uniforme e harmônica da papila interdental. Aliás, a repetição do procedimento para melhorar o resultado e técnicas não cirúrgicas; para melhorar o resultado estético.

Microcirurgia periodontal

Assim, uma alternativa cirúrgica para este problema poderia ser a microcirurgia periodontal, pois é menos invasiva esse trata de uma transição natural  extensão dos  princípios e técnicas cirúrgicas. Portanto, devido à preparação mais delicada e precisa, manipulação minimamente traumática dos tecidos moles e duros, a microcirurgia favorece a cicatrização por primeira intenção. Além disso, ela oferece um pós-operatório mais tranqüilo e resultados mais dramáticos.

Inicialmente, com o bisturi de Orban, destaca e eleva-se a “longa papila” para vestibular. Depois, usando a técnica do rolo de Evian, aproxima-se a porção palatina da papila à parte vestibular para que aumente  e volume. Ao mesmo tempo, com uma tesoura, pode-se fazer a plastia do tecido para que tenha a forma piramidal.

Técnica de Evian de preservação de papila

Por fim, esta opção de tratamento foi umas das primeiras técnicas escritas na literatura para a reconstrução da papila interdental e tem como característica a ausência do uso de enxerto conjuntivo. Após anestesias infiltrativas no local da cirurgia, faz-se a medição da crista óssea alveolar até a altura desejada para a papila. Depois, preservando a papila, faz-se incisão dividindo o retalho desde a região mesio-vestibular até a regido mesio-palatal dos dentes ao lado da papila a ser reconstruída.

Seguem alguns links relacionados ao assunto reconstrução de Papilas:

Acesse nosso portal em Periodontia OU GOPERIO para maiores informações

 

WhatsApp chat