0 Item
(41) 3023-0800

Implante Imediato Estético

Descrição

Implante Imediato Estético

Primordialmente, este vídeo de implante imediato estético mostra passo-a-passo qual a sequência de tratamento uma exodontia anterior com com provisório. Assim, qualquer questionamentos sobre os instrumentos, e só deixar nos contatar pelo contato@institutorg.com (acesse perio.org para mais informações).

Evidências científicas

Primeiramente, as evidências científicas mostram que três meses após uma exodontia pode-se esperar uma perda horizontal em média de 30% do volume ósseo. Desta forma, a instalação imediata do implante associada à enxertia óssea evita a necessidade de procedimentos regenerativos subsequentes e se apresenta como a melhor opção sempre que se fizer possível.

Além disto, o emprego de técnicas cirúrgicas sem que evitem incisões e descolamento das papilas está associado a um menor padrão de perda óssea.

Técnica cirúrgica

porquanto, quanto ao posicionamento do implante, o uso de uma guia cirúrgica confeccionada a partir da cirurgia em modelo, realizada pelo especialista, pode permitir a instalação imediata de um pilar protético pré-fabricado e coroa provisória. Sobretudo, há consenso na literatura que haja pelo menos 2 mm do implante à tábua óssea vestibular; ao menos 1,5 mm entre implante e dentes adjacentes, e 3-4 mm entre a margem gengival e a plataforma do implante; para o correto posicionamento tridimensional do implante.

Assim, pode-se esperar cerca de 1mm de retração gengival vestibular após 1 ano da instalação de um implante. Entretanto, Uma solução para tal problema, além de técnicas de enxerto de tecido conjuntivo, pode estar na personalização de pilares protéticos. Assim, e confecção de componentes protéticos personalizados pode contribuir para melhor estética e preservação da mucosa ao redor de implantes, em função do seu formato e do tipo de material.

Material protético

Primeiramente ,um estudo que avaliou a influência de pilares côncavos na estabilidade da mucosa vestibular, e mostrou aumento vertical ou ausência de recessão tecidual em 87% das situações após um período de dois anos de acompanhamento. Além do formato do pilar, seu material é de suma importância.

Pilares protéticos de titânio ou zircônia permitem a adesão epitelial, ao contrário dos pilares de ouro ou ligas não nobres. Este fato promove o estabelecimento do espaço biológico no corpo do pilar, e não no implante, preservando a crista óssea peri-implantar 2.

A necessidade da instalação do pilar protético definitivo no momento da instalação do implante é um assunto questionável. É sabido que as repetidas conexões e desconexões de pilares protéticos podem levar a recessão marginal e reabsorção óssea em cães. O rompimento do epitélio juncional do espaço biológico periimplantar pela retirada e nova instalação dos pilares, pode levar o estabelecimento do novo espaço biológico em nível do implante, com consequente reabsorção óssea 1.

No entanto, em humanos há indícios que duas desconexões não afetam o selamento mucoso peri-implantar 10. Desta forma, uma alternativa bastante viável é a instalação de uma restauração provisória aparafusada no ato da cirurgia, com uma desconexão após 3 meses para a etapa de moldagem e outra para a instalação do pilar associado à cimentação da restauração definitiva.

 

WhatsApp chat