0 Item
(41) 3023-0800

Este vídeo descreve brevemente como tratar cirurgicamente infecções pós cirúrgicas de levantamento de seio maxilar para implantes dentários.

Objectivo (Infecções em sinus lift)

Descrever as complicações e riscos associados à elevação do seio maxilar.

Infecção

A literatura descreve que 3% dos procedimentos de sinus lift podem levar à infecção pós cirúrgica. Assim, uma cobertura com antibiótico terapia sistêmica juntos com antimicrobianos locais são imprescindíveis pára o sucesso. pois, a área cirúrgica está localizada em uma região fechada, susceptiva à infecções (sinusite). Portanto, é indicado ao cirurgião dentista ter conhecimento vasto na área anatômica desta região à ser tratada. Porque, infecções graves no sistema orbital, cavernosos, assim como meningite, cegueira, osteomielite podem acontecer. Isso, claro, se a infecção não seja tratada precocemente.

Técnica

A elevação do seio maxilar para posterior colocação de implantes dentários, é uma técnica bastante utilizada e com resultados excelentes. Ainda assim, não está isenta de riscos e complicações, sendo a mais frequente a perfuração da membrana de Schneider com uma prevalência a rondar os 25%. Os factores de risco incluem pacientes fumadores para as infecções sinusais assim como a presença de septos para as perfurações de membrana. Por esta razão, este tipo de técnica deve ser executada por um profissional de saúde devidamente qualificado e ciente de tais possíveis complicações. Assim, a técnica cirúrgica de infecções em sinus lift deve ser feita com mudanças no antibiótico usado. Assim como uma curetagem total (vídeo) caso a infecção persista.

Conclusão (Infecções em sinus lift)

A elevação do seio maxilar é uma técnica previsível e com resultados excelentes que não está isenta de riscos e complicações que profissional de saúde deve saber diagnosticá-los assim como resolvê-los.

Fonte

WhatsApp chat